segunda-feira, dezembro 11, 2006

SENTADO À BEIRA DO CAMINHO

"Eu não posso mais ficar aqui a esperar
que um dia, de repente, você volte para mim
Vejo caminhões e carros apressados a passar por mim
estou sentado à beira de um caminho que não tem mais fim
Meu olhar se perde na poeira dessa estrada triste
onde a tristeza e a saudade de você ainda existem
Esse sol que queima no meu rosto um resto de esperança
de ao menos ver de perto o seu olhar que eu trago na lembrança
Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Vem a chuva, molha o meu rosto e então eu choro tanto
minhas lágrimas e os pingos dessa chuva
se confundem com o meu pranto
Olho pra mim mesmo, me procuro e não encontro nada
sou um pobre resto de esperança à beira de uma estrada
Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Carros, caminhões, poeira, estrada, tudo, tudo
se confunde em minha frente
minha sombra me acompanha e vê que eu estou morrendo lentamente
Só você não vê que eu não posso mais ficar aqui sozinho
esperando a vida inteira por você, sentado à beira do caminho"


Pois é Roberto Carlos...estranho eu estar colocando uma musica dele aqui no meu blog, mas hoje ouvi esta musica em uma versão Interpretada pelo IRA... achei bem legal ..

Bem é isso ai

Ouvindo neste exato momento.. trabalhando com meu MP3 no ouvido ..: Jesus Jones

3 comentários:

Luis disse...

Mirian:
Bella canción, la tengo en español pero increiblemente no la consigo en portugues. ¿donde podré conseguirla cantada por Roberto Carlos en portugues en MP3?
Obrigado,
Luis

Mirian Pulga disse...

Ola Luis . obrigada por entrar no meu blog
me passa seu e-mail q mando para voce a musica ..

Um beijo

Luis disse...

Ola Mirian
meu e-mail:
tripti2017@yahoo.com.ar

Obrigado,
Luis